COERÊNCIA CARDÍACA | atenção ao coração

Estudos realizados pelo HeartMath Institute, na Califórnia, constataram que o ritmo do nosso coração se torna “caótico” quando passamos por situações de medo, ansiedade ou estresse. Por outro lado, quando experimentamos estados de tranquilidade e bem estar, esse ritmo se torna coerente, harmonioso.

Isso acontece porque o coração humano possui mais de 40 mil neurônios conectados diretamente com o cérebro, numa ligação estreitamente íntima e fisiológica. O reflexo desse vaivém entre os dois órgãos é a variação dos batimentos cardíacos, que definem nosso estado de espírito e influenciam diretamente na pressão arterial, respiração e funcionamento do nosso sistema imunológico.

layout_quotes_sofiabauer_28_063

Pensando nisso, o HeartMath desenvolveu a “Coerência Cardíaca”, um conjunto de técnicas sistêmicas de atenção e respiração que nos possibilitam equilibrar as conexões entre o cérebro e o coração, controlando nossos batimentos cardíacos.

Sete passos para a coerência cardíaca: 

  1. Sentar confortavelmente, descruzando os braços e pernas;
  2. Aliviar a tensão corporal;
  3. Fechar os olhos e concentrar o pensamento nos batimentos cardíacos e no coração, respirando lentamente;
  4. Imaginar o ar entrando, passando à volta do coração e saindo lentamente pelo nariz;
  5. Relembrar uma situação feliz que tenha enchido o coração de alegria, paz e gratidão, revivendo esse momento;
  6. Continuar respirando fundo e lentamente, enquanto se relembra o pensamento positivo;
  7. Regressar e abrir lentamente os olhos.

IMG_7905_2

Foto: Jô Moreira | imagem protegida por direitos autorais

Quando respiramos com calma e focamos o pensamento em elementos positivos – por meio da meditação, por exemplo – nosso coração entra em um compasso desacelerado, em harmonia com o cérebro. Nesse momento produzimos ocitocina, o hormônio capaz de combater a noradrenalina e o cortisol, responsáveis por nos manter em estados de estresse, trauma e pensamentos negativos.

Assim, em situações de ansiedade ou depressão – por exemplo -, a coerência cardíaca se apresenta como uma ferramenta eficaz, regulando os batimentos cardíacos, estabilizando a pressão arterial, diminuindo os níveis de estresse, clareando os pensamentos e ainda fortalecendo o sistema imunológico. Os benefícios são inúmeros e já reconhecidos e aplicados por diversas clínicas de psicoterapia pelo mundo.

Quer saber mais sobre a coerência cardíaca?

Participe conosco da primeira edição do curso Hipnose, Meditação, Neurociência e Cura.

layout_cursos_online

Entre os dias 11 de julho e 20 de agosto vamos conhecer os caminhos da coerência cardíaca, meditação e hipnose.

INSCREVA-SE AQUI